terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Paixão, Futebolices ou parvoíces?

Já vai para muito tempo que partilhei algo sobre futebol e tenho quase a certeza que não o devia voltar a fazer, mas aqui vai...
Ao longo destes últimos anos deixei de ser tão doente pelo meu clube, não porque não temos ganho nada, porque até podemos estar 100 anos sem ganhar que vou continuar a amar o Sporting da mesma maneira, mas acima de tudo porque perdi a pessoa que me passou a paixão pelo Sporting , porque o clima de guerrilha que se vive no futebol português e nas redes sociais não me trás qualquer tipo de felicidade e ainda porque não foi por este ambiente que me apaixonei desde que me lembro de ser alguém!

No domingo o Sporting perdeu com o Benfica e eis alguns factos que ficam sobre o jogo...e pós jogo,
a) O Sporting perdeu, custou a lidar com isso mas aceitem a derrota!
b) O Sporting foi prejudicado pela arbitragem e amigos benfiquistas não são menos adeptos do vosso clube por verem essa verdade, faz apenas de vós verdadeiros adeptos de futebol e não doentes pelo clube;
c) Os árbitros erraram, mas também o treinador mais bem pago da história do futebol português errou ao tirar o jogador mais perigoso a equipa, portanto não batam mais nos homens que ganham muito menos que o treinador;
d) O Sporting possui laterais que até no Inatel tinham dificuldade em jogar, e peço aos meus colegas de equipa que não se sintam ofendidos com tal ideia...;
e) O futebol é muito mais que derrotas ou vitórias, de que vale a vitória da equipa se depois numa rede social irem ofender os vossos amigos e escreverem merdas como "Tu é que devias ir no avião da Chapecoense"...se o futebol para vocês é isto então nem todos os títulos do vosso clube vai trazer alguma felicidade para as vossas vidas, vão ser uns eternos tristes com toneladas de raiva acumulada!
f) Claro que eu também gozo com os meus amigos do Benfica quando o Benfica perde (e gostava de ter muito mais oportunidades para o fazer) e tenho que os aturar quando gozam comigo, mas todos sabem que quando as coisas tem realmente piada não consigo não rir, mesmo que estejam a gozar comigo e com o meu clube...
Podia estar aqui o resto do dia a falar nisto e a dar exemplos, mas apenas vou dizer o que é o futebol para mim...
O Futebol para mim é 
um desporto que me apaixona, sem o qual nem me vejo a viver, ~
é ver o meu clube a jogar com uma camisola para homenagear outra equipa que sofreu uma tragédia, é ver um clube a oferecer a receita de um jogo à equipa adversária para ajudar esta a sobreviver no mundo do futebol,´
é trabalhar da meia noite às oito da manhã e não dormir para ir ajudar a nossa equipa que joga às 10.30h,
é chegar ao campo e ver a outra equipa entrar com 10 jogadores, não ter treinador nem um único dirigente, mas mesmo assim não desistir e lutar um jogo inteiro só pelo prazer de jogar,
é ver clubes a realizar sonhos de crianças, a visita-las ao hospital para as fazer felizes,
é ver uma equipa correr para o guarda-redes para o apoiar quando este dá um frango ou a correr para abraçar o central quando este faz o auto-golo aos 90min,
é ver uma criança a abraçar um adversário quando este está a chorar por a sua equipa ter perdido,
é acabar de escrever este texto de pouca qualidade para ir a correr para o treino que já estou atrasado...

Resumindo o futebol é paixão, amizade, alegria, dedicação, esforço, devoção, amor, sorriso e lágrimas, é tudo isto e muito mais, mas de certeza que não é ofensas, guerras e inimizades!

Ps - Dirigentes, comunicação social, intervenientes em campo parem de incendiar o futebol por favor!

domingo, 10 de abril de 2016

Nem sempre é fácil...

Nem sempre é fácil ...
...quando preciso de ti e não estás
...perceber que não vou voltar a estar contigo
...dormir quando a saudade bate mais forte´
...sorrir quando não há vontade para isso

Nem sempre é fácil
...sair da cama para ir trabalhar quando a vontade é ficar parado a pensar em ti
...lutar pelos objectivos quando falta alguém para se orgulhar deles
...ignorar aquele copo de whisky quando a cabeça pede a garrafa toda
...mostrar que estamos fortes quando na realidade estamos fracos

Nem sempre é fácil
...ir ver aquele jogo que nos fazia vibrar juntos
...regressar aquele lugar que gostávamos de ir
...quando sentimos que fomos longe demais naquela discussão
...quando nos arrependemos de ter dito algo ou não ter feito mais

Nem sempre é fácil...nem sempre é fácil continuar a seguir em frente, ter que dizer às pessoas que gostamos que está tudo bem quando na verdade não sabemos se está...

Mas a verdade é que temos que o tornar fácil, temos que continuar, não só porque essa seria a vontade de quem partiu, mas porque os que ficaram merecem isso...merecem que lutes, que tu sorrias, que sejas feliz, que tu atinjas os teus objectivos, porque essa é a forma deles também terem vontade de lutar, porque para eles...Para eles também nem sempre é fácil!






terça-feira, 15 de março de 2016

O regresso e a despedida da minha carreira política

Confesso que em dias já liguei mais à política que hoje, 
Confesso que já tive alguma inclinação partidária, nunca muito acentuada mas ela existiu, 
Confesso que já percebi que a política é como um jogo de cartas viciado, baralha-se volta-se a dar e o resultado é sempre o mesmo, 
Confesso que já percebi que os políticos comem todos à mesma mesa e o que interessa é o que está no tacho e não o melhor pelo povo que deviam servir,
Confesso que em tempos não entendi o porquê de tantos partidos políticos mas hoje percebo que o tacho é apetecível para muitos e que 3 ou 4 partidos não chegam para tanta ganância e corrupção! 

Mas confesso que uma coisa não consegui perceber..e que apesar de ter pensado muito no assunto não consigo mesmo perceber os festejos que se fazem nas redes sociais quando um governo falha...quando o partido que não apoiam não consegue fazer aprovar algo, quando o défice aumenta nas mãos de o partido "adversário", quando o rating do país baixa e a outra ala que está no Poder, etc etc Nestas alturas aparece logo um coro de festejos desses patetas não apoiantes como se tratasse de um golo de uma equipa qualquer frente ao nosso maior adversário na luta pelo titulo!

Meus amigos isto não é o derby da segunda circular ou as marchas populares , isto não se trata de derrotas da esquerda, direita, centro, baixo ou cima isto trata-se da nossa vida, da sobrevivência de um país e de umas gerações...serão assim vocês tão estúpidos e merecedores do estado do país ou serão todos mini aspirantes ao mesmos poleiros que provocam isto tudo? Espero que não, espero que apenas estejam a ver as coisas mal e que acordem brevemente! Porque no fundo isto o que devia importar era recuperar este país que já foi enorme e não aclamar e idolatrar quem o derrubou menos, ou discutir que foi o menos mau segundo a nossa opinião, porque meus caros fanáticos da política isso nem existe...todos eles estragaram, e muito, a nossa casa! 

E pronto assim encerro a minha carreira política porque se o meu país me levou a/ impediu de votar nem grande moral tenho para falar do tema...

Para terminar deixo só aqui um poema de um dos maiores poetas portugueses...